Para falar de gente, de seres humanos, do bicho humano perfectível, apesar de tudo. Do Animal sapiens, mas a partir de agora do "Homo spiritualis", com sua fé e religiosidade muitas vezes confusa, gerando preconceitos, discriminações.

03
Nov 11

Por: Paulo R. Santos

 

O Estado caro faliu? Parece que sim. Principalmente o Estado (neo)liberal-burguês, substituto garantidor dos privilégios da antiga nobreza, parece que perdeu o poder justamente por não dividir, por não cumprir promessas, por afastar de seu ideário, a solidariedade, a compaixão e a tolerância.

Estamos de volta aos anos que antecederam à França de 1789? Ou aos encontros secretos dos inconfidentes mineiros nos anos anteriores a 1789 (para não ir mais longe)? Pode ser. Os encontros já não são noturnos nem secretos. A luta de classes volta a ser visível nas ruas das grandes cidades, onde a guerra urbana gradualmente se instala e se naturaliza. Os pobres, como antes de 1789, não são mais tão dóceis! As cidades deixaram de ser ambientes de convivência para serem locais de competição, medo e rivalidade.

Enquanto isso, um Estado paralelo - ou um poder paralelo -, vai se compondo e se firmando na base da força, do medo, da chantagem, do suborno e da morte. As leis do Estado formal são lentas, ineficientes, parciais, e a paciência dos mais pobres e dos injustiçados vai chegando ao fim.

O poder paralelo não nasce de uma conspiração contra o Estado legal (nem sempre legítimo). Ele surge, cresce, se espalha e se consolida em cima do desespero, da incerteza, do medo, das carências, das ausências, da ignorância, da doença, ... das muitas promessas não cumpridas.

O confronto parece inevitável. De um lado o Estado que, segundo Max Weber, detém o monopólio do uso exclusivo e legítimo da força. Do outro, o povo assustado e desprotegido, além de desarmado. O triângulo de forças de se fecha com o poder paralelo, sociopata, bem armado, rápido e cruel nas decisões, pragmático, e já quase onipresente em terras brasileiras.

publicado por animalsapiens às 17:04

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


21
23
25
26

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO