Para falar de gente, de seres humanos, do bicho humano perfectível, apesar de tudo. Do Animal sapiens, mas a partir de agora do "Homo spiritualis", com sua fé e religiosidade muitas vezes confusa, gerando preconceitos, discriminações.

28
Jul 12

A pergunta pode parecer fora de propósito, mas não é. Liberdade para fazer o que se quer ou o que se deve? Ser livre é poder fazer tudo que se quer? Quais os limites da liberdade? Há limites para a liberdade? Daria para enfileirar um série de questionamentos sobre a liberdade, mas esses já são suficientes para se pensar, e não pretendo ter respostas para essas questões. Mas uma coisa é certa, ser prisioneiro do medo é a mais terrível privação de liberdade, mesmo andando livremente pelas ruas de qualquer cidade.

 

Hoje, mais que em qualquer outra época da história humana, somos prisioneiros do medo, e o medo manda. Criamos uma sociedade onde quem sabe manipular o medo individual ou coletivo, tem o poder. Esse medo líquido, conforme diz o sociólogo Bauman, que traz a desconfiança, a incerteza, a insegurança, o medo do outro só por ser outro, o não-eu. Mas, e nos casos em que a pessoa tem medo de si mesma?

 

Hora de redescobrir ou reinventar a liberdade, fora dos parâmetros impostos pela moral vigente. Sair do rebanho ... talvez por aí se encontre ou se invente a liberdade.

publicado por animalsapiens às 12:21

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13

16
17
20

23
24
26

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO