Para falar de gente, de seres humanos, do bicho humano perfectível, apesar de tudo. Do Animal sapiens, mas a partir de agora do "Homo spiritualis", com sua fé e religiosidade muitas vezes confusa, gerando preconceitos, discriminações.

30
Dez 11

 por Paulo R. Santos

 

Sabemos que o calendário é uma convenção meramente humana para contar a passagem do tempo, ou para situar os acontecimentos de modo a torná-los conhecidos no tempo e no espaço, e recuperá-los de algum modo. Pode servir como referência de análises e reflexões para mudanças pessoais ou coletivas, a depender de como se toma consciência das implicações dos fatos em nossas vidas. Podemos ser mais ou menos infelizes, conforme as escolhas e decisões.

 

De um modo geral, a passagem do ano é meramente simbólica, sem efeitos práticos ou mudanças reais na vida pessoal ou coletiva. Nos acostumamos a viver um círculo vicioso – raramente num círculo virtuoso -, como os bois do excelente filme “Abril despedaçado” (coprodução Brasil-França-Suiça, de 2001, com Rodrigo Santoro e direção de Walter Sales) que caminham mecanicamente em torno da bolandeira (um tipo de moenda), mesmo sem a canga que os atrela quase diariamente ao mecanismo.

 

O filme nos remete à tirania dos hábitos e costumes, e ao esforço e alto preço em romper com essa tirania. Ato de libertação e remissão indispensável. 'Abril despedaçado' é uma bela metáfora da vida humana, e um daqueles filmes baseados em livro que nos permite tornar o local em universal.

 

Os anos se sucedem e nos vemos tiranizados pelas mesmas coisas, pelos mesmos costumes, leis, dogmas e hábitos que infelicitam, muitas vezes sem forças suficientes ou condições de mudar o rumo dessas coisas. No filme citado, é a morte sacrificial do irmão mais novo que liberta o irmão mais velho, que evita o sertão e toma uma nova estrada, literalmente, em direção ao mar, símbolo da vida em abundância.

 

Criamos uma sociedade hipócrita, sádica e cínica. A bolandeira com sua canga presa ao pescoço de cada um - mesmo que já não a sintamos mais - nos faz repetir as mesmas coisas, contrariando promessas e desejos de mudanças. O esforço necessário para romper com o mecanismo tirânico é demasiado para a maioria das pessoas, embora tenha que ser feito, … algum dia.

 

O moralismo vigente, seja social, político ou religioso, funciona como mecanismo de controle social e individual. Um jugo nada suave e um fardo nada leve ! As condições da vida atual, com ou sem passagem simbólica dos tempos, mantém o distanciamento da própria realidade e da própria realização. As interdições para o reconhecimento e experimentação dos próprios sentimentos são diversas e os apelos – vários - desfocam e desviam, auxiliados por essa neblina que nos impede de antever o futuro com um mínimo de segurança.

publicado por animalsapiens às 11:11

29
Dez 11
publicado por animalsapiens às 16:35
tags:

27
Dez 11



Fonte: internet
publicado por animalsapiens às 11:18
tags:

25
Dez 11
publicado por animalsapiens às 12:22
tags: ,

Espero - e desejo - que a chegada do Natal seja um bom momento de reflexões para todos nós, na certeza de que o mundo vai bem além dos nossos 'quintais' e paredes ! Fora com a alienação e os medos !!!

Um ano a mais de Anonymous, Wikileaks e Avaaz, para aterrorizar aqueles que até bem pouco tempo atrás se achavam - e agiam - como senhores do mundo, donos do planeta e de seus moradores; nós inclusive !

Ou como escreveu o Carlos Serra em seu blog, meses atrás, é o fim das mentiras, dos segredos e dos silêncios. O mundo muda, queiramos ou não. Não há mais lugar para espectadores, só para protagonistas, e quem não achar o seu lugar fica pra trás!

O ano chega ao fim com uma Europa em pedaços, os angloamericanos amedrontados, apesar de sua permanente petulância, e a criação de novos pontos de partida para uma era nova, quem sabe ?

Abraços a todos os amigos e amigas que me ajudaram a atravessar 2011 !!!

Paulo S.

publicado por animalsapiens às 11:02
tags:

23
Dez 11

Os meios alternativos e as redes sociais

"O olho de Deus está a ser substituído pelo olho da Humanidade. A revolução comunicacional e cibernética, através dos satélites, está a permitir isso. A utilização dos sistemas de televigilância por satélite denominados Echelon (norte-americano), Enfopol (europeu) e Sorm (russo) puseram em relevo os problemas das liberdades individuais e das nações, problemas que superam as visões apocalípticas de Júlio Verne, George Orwell, James Burnham, Jack London e Ray Bradbury, que em épocas distintas previram e descreveram de maneira fantástica as formas totalitárias contemporâneas." (tradução minha, CS). Aqui. Para traduzir, aqui.


http://www.oficinadesociologia.blogspot.com/

publicado por animalsapiens às 10:37
tags:

21
Dez 11
publicado por animalsapiens às 12:20

O mundo já ingressou na segunda fase da crise

A propósito de uma entrevista ao economista francês Gérard Duménil: "Em toda parte, a direita retomou a ofensiva. Ela se atém à questão dos déficits orçamentários e da elevação da dívida pública. Ela finge não ver que a austeridade orçamentária, além da transferência, que a felicita, do peso da dívida para as classes populares, não pode senão provocar a recaída numa nova contração da atividade." Aqui.

Consciência e vida

"Não é a consciência que determina a vida, é a vida que determina a consciência. No primeiro modo de consideração, parte-se da consciência como indivíduo vivo; no segundo, que corresponde à vida real, parte-se dos próprios indivíduos vivos reais e considera-se a consciência apenas como a sua consciência." - Marx, Karl e Engels, Friedrich, A Ideologia alemã I. Lisboa. Editorial Presença, 1975, p. 26.


http://www.oficinadesociologia.blogspot.com/

publicado por animalsapiens às 11:32

19
Dez 11

É sempre preocupante ver a (gradual) restrição dos direitos civis em qualquer parte do mundo. Nos EUA começou no governo Bush e essa lei vem sendo apertada pouco a pouco, configurando a transformação dos Estados Unidos num Estado policial (fascista).

Desemprego, 40 milhões de pobres, 'ocupantes', inseguranças e incertezas, duas guerras perdidas (Iraque e Afeganistão), a repulsa internacional à política imperialista estadunidense e outros fatores, abrem possibilidades para uma guerra civil num país já envolvido em tantos conflitos.

O que acontece por lá, de algum modo repercute pelo mundo.

Paulo S.

.........................................................................................

sábado, 17 de dezembro de 2011

Senado aprova "Lei Marcial" nos EUA

http://blogdomonjn.blogspot.com/2011/12/senado-aprova-lei-marcial-nos-eua.html

.
Sem alarde da grande mídia privada mundial, que continua a celebrar os Estados Unidos como a "maior democracia do mundo" (tsc!), o Senado estadunidense aprovou uma lei que está causando arrepios na sociedade daquele país.

De acordo com os críticos, o projeto chamado "National Defense Authorization Act" permitiria a prisão, sem acusação formal e por tempo indeterminado, de cidadãos estadunidenses em qualquer lugar do mundo e a utilização das forças armadas contra os mesmos dentro do território dos Estados Unidos.

A terra natal faz parte do campo de batalha, disse o Senador Lindsey Graham que apóia o projeto. Estaria ele se referindo aos opositores dos "Ocupes" que estão tomando conta das cidades estadunidenses?

Elaborada em segredo pelos senadores Carl Levin (Partido Democrata) e John McCain (Partido Republicano), aprovada pela comissão a portas fechadas e sem audiência, a lei foi aprovada pelos senadores, em 1º de dezembro, por 93 a 7, e agora aguarda a posição do Presidente Barack Obama que poderá sancioná-la ou vetá-la.

Na última semana, porém, a Casa Branca declarou, através do porta-voz do presidente, Jay Carney, que não vetará o projeto.

É o regime se fechando ainda mais no país que se diz exportador de democracia.


Link com o texto da lei:
http://www.gpo.gov/fdsys/pkg/BILLS-112s1867pcs/pdf/BILLS-112s1867pcs.pdf


_________________________________


Fontes consultadas:


The National Defense Authorization Act is the Greatest Threat to Civil Liberties Americans Face (05/12/2011):
http://www.forbes.com/sites/erikkain/2011/12/05/the-national-defense-authorization-act-is-the-greatest-threat-to-civil-liberties-americans-face/
http://www.forbes.com/sites/erikkain/2011/12/05/the-national-defense-authorization-act-is-the-greatest-threat-to-civil-liberties-americans-face/2/

Former Reagan administration official comments on National Defense Authorization Act (02/12/2011):
http://newsvoice.se/2011/12/02/paul-c-robert-former-reagan-administration-official-comments-national-defense-authorization-act/

National Defense Authorization Act spurs uprising from left and right on detainee provisions (08/12/2011):
http://www.tampabay.com/news/military/war/national-defense-authorization-act-spurs-uprising-from-left-and-right-on/1205269

Defense bill gives military too much responsibility for detainees (28/11/2011):
http://www.washingtonpost.com/opinions/defense-bill-gives-military-too-much-responsibility-for-detainees/2011/11/28/gIQAbbAO6N_story.html

Obama Drops Veto Threat Over Military Authorization Bill After Revisions (14/12/2011):
http://www.nytimes.com/2011/12/15/us/politics/obama-wont-veto-military-authorization-bill.html

Obama will not veto National Defense Authorization Act (14/12/2011):
http://www.rawstory.com/rs/2011/12/14/white-house-will-not-veto-national-defense-authorization-act/

National Defense Authorization Act Will Destroy Bill of Rights (07/11/2011):
http://www.opednews.com/articles/National-Defense-Authoriza-by-Sherwood-Ross-111207-201.html
http://www.opednews.com/articles/2/National-Defense-Authoriza-by-Sherwood-Ross-111207-201.html
.

Postado por Jorge Nogueira às 15:20

publicado por animalsapiens às 10:10

18
Dez 11

Racismos (11)

Décimo primeiro número da série, baseado numa ideia de Pierre Bourdieu, apresentada aqui. Ainda no sexto número do sumário proposto:
6. Racismo religioso. O racismo religioso assenta em três pressupostos: (1) Verdade exclusiva que se atribui a uma espécie de deus privatizado e a normas supostamente criadas por ele ou por um seu profeta em terra; (2) Vocação guerreira e eliminatória para defesa da verdade e das normas; (3) Aplicação de uma justiça terrena que se acredita ser a mais pura e legítima. Três pressupostos fundamentalistas que fazem parte de algumas religiões e criam barreiras intransponíveis ao diálogo interreligioso e à solidariedade humana.
Com a vossa permissão, prossigo mais tarde. Imagem reproduzida daqui.
(continua)


http://www.oficinadesociologia.blogspot.com/

publicado por animalsapiens às 10:43

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
17

20
22
24

26
28
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO