Para falar de gente, de seres humanos, do bicho humano perfectível, apesar de tudo. Do Animal sapiens, mas a partir de agora do "Homo spiritualis", com sua fé e religiosidade muitas vezes confusa, gerando preconceitos, discriminações.

29
Nov 12

O filósofo espanhol da primeria metade do século passado, Ortega y Gasset, escreveu uma frase que sintetiza sua maneira de compreender e interpretar o mundo. Disse ele: eu sou eu e minha circunstância, e se não a salvo, não me salvo eu. Com um pouco de reflexão entendemos que ele nos lembra que não somos seres isolados, independentes e autossuficientes. Se eu 'sou eu e minha circunstãncia', isso quer dizer que sou a soma de mim mesmo, de minhas singularidades, mais as condições - favoráveis ou adversas - do meio e das circunstâncias nas quais estou mergulhado.

 

A vida é um drama (não necessariamente uma tragédia), como ele também nos lembra. Sendo encarada assim, podemos ou não assuimir uma postura madura e realista diante da realidade que nos cerca, ou fugir da realidade, seja pelas drogas, pela ignorância voluntária, pelas rotas de fuga possíveis. Mas as circunstâncias nos perseguem, tanto quanto nossas singularidades, pois são constitutivas de nosso ser.

 

Aprender a conviver com esse estado de coisas, sem necessariamente aceitá-lo passivamente é, talvez, questão de sobrevivência; da manutenção da estabilidade emocional possível e da sanidade mental. O outro caminho é entrar em parafuso num mundo cada vez mais caótico.

 

- por Paulo Santos

publicado por animalsapiens às 09:44

Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
15
16

18
19
21
24

26
28


mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO