Para falar de gente, de seres humanos, do bicho humano perfectível, apesar de tudo. Do Animal sapiens, mas a partir de agora do "Homo spiritualis", com sua fé e religiosidade muitas vezes confusa, gerando preconceitos, discriminações.

22
Out 12

É o que dizem: a natureza não se defende, mas como se vinga! Mesmo considerando os ciclos e ritmos da natureza como permanentemente dinâmicos, funcionando não como um relógio, mas com oscilações mais ou menos conhecidas, fazendo o planeta modificar-se a intervalos, não podemos desconsiderar a mão humana complicando as coisas em seu desfavor. Nâo parece ser possível prever o clima com os atuais modelos matemáticos usados pelos meteorologistas. São muitas as variáveis... basta o vento mudar de velocidade e tudo muda. Fica mais fácil olhar pela janela ao amanhecer e ver o que a natureza nos diz sobre como será o dia!

 

Os extremos de calor e frio; muitas chuvas de uma vez e estiagens prolongadas afetam os mares, as plantações e a vida dos seres de um modo geral. Migrações humanas e das outras espécies tornam-se cada vez mais constantes, e já existem os refugiados do clima. Apesar de sabermos que a natureza já não funciona com a regularidade conhecida de nossos pais e avós, os humanos de hoje ajem despreocupadamente, como se o que acontece não lhes dissesse respeito. Um dia, no passado remoto, a natureza escolheu os dinossauros para serem extintos; o que a impede de escolher a espécie humana para o mesmo fim?

publicado por animalsapiens às 10:58

Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

15
17

24
25

30


mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO